quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

E que se dane essa porra de sociedade!



Sim, estou revoltada. Cansei de ouvir as mesmas proibições por causas ditas como sensatas que pra mim na verdade são vazias.
Pra que basear toda sua vida no que os outros vão pensar?

Não use isso, não faça aquilo, não coma isso, não ande com fulano, faça como sicrano.
Chega uma hora que chega, né não?

Não posso fazer uma tatuagem, mesmo sendo maior e vacinada.
Não posso usar aliança de compromisso com meu namorado porque está cedo demais e isso é ridículo.
Não posso fazer sexo antes do casamento.
Não posso ir em show de rock.
Não posso andar com lésbicas e gays, péssima influencia.
Não posso ir numa rave.

Essa lista poderia se prolongar muito, acreditem...
Mas acho que já deu pra entender. O negócio é que as pessoas precisam entender que rótulo só nas prateleiras de supermercado, se fosse pra usar em gente todo mundo já nascia com um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você achou que...