sexta-feira, 25 de março de 2011

Daquela paciência que eu juro que tenho...

Chega uma hora na vida que você precisa refletir. Certas atitudes que as pessoas tomam que estão diretamente ligadas a você e que te irritam, te estressam e principalmente, te fazem querer gritar. 

Sufocante. Existem pessoas que sabem como ser assim. E o primeiro impulso que você tem é o de perder a paciência e ser grossa. Então, esse é o momento de exercitar a paciência, aquela, que eu não tenho. 


2 comentários:

  1. Nossa, entendo completamente a sensação - sentir-se obrigada a manter a educação e simpatia e tirar forças sabe-se lá de onde pra fazer isso. Tem hora que simplesmente não dá.

    ResponderExcluir
  2. Porque é justamente nessas horas que ela foge. A paciência é pacientemente covarde, cara Babi.

    E eu pagaria pra ver ela se sentir sufocada de impaciência!

    ResponderExcluir

E você achou que...