domingo, 22 de julho de 2012

Página Virada?

Sempre achei essa expressão interessante, sempre me chamou atenção. 
Quando escuto alguém falar coisas do tipo:

"Ela é página virada na minha vida..." 

ou 

"Aquilo que aconteceu não foi nada, é página virada..."

fico me perguntando, será que uma "página virada" simboliza mesmo que passou? 

Quantas vezes eu não li um livro as pressas porque queria saber o que acontecia no final, virei páginas rapidamente e depois voltei e re-li muitas delas porque me perdi por falta de detalhes? 
Ou quantas vezes reli trechos de alguns livros porque simplesmente achei fascinante e queria reviver o prazer da leitura? 

O que estou querendo dizer, é que, a expressão não faz tanto sentido pra mim. Se você quer realmente dizer que alguma coisa/pessoa é passado na sua vida, fale que é página arrancada, amassada e jogada fora. Porque se for só virada, vai sempre existir o risco de você voltar lá pra ler novamente a tal página... principalmente se a "leitura" proporcional prazer. 

Não acha? 

3 comentários:

  1. Acho que a expressão faz todo sentido.
    Num livro, gostando ou não dos acontecimentos em determinada página, eles servem de ponte para o proximo acontecimento. Na vida é parecido. Decisões certas ou não, pessoas agradáveis ou o oposto disso, relacionamentos memoráveis ou esquecíveis, tudo é parte de um todo (livro como vida), e tudo é uma origem pro lugar/pessoa/decisão/relacionamento/whatever a seguir.

    ResponderExcluir
  2. Não acho que a expressão esteja errada, só o sentido dela. Não é uma coisa tão definitiva como é interpretada.

    ResponderExcluir
  3. O melhor seria queimar a página para que não haja mesmo nenhum jeito de voltar até ela. heheh

    Existem vários ditados mal interpretados e usados por aí.

    ResponderExcluir

E você achou que...