domingo, 28 de abril de 2013

Sendo aleatoriamente aleatória.

Sabe quando a gente coloca uma máquina pra funcionar em capacidade máxima e ela vai esquentando até que ela chega no limite, trava e  para de funcionar? As vezes até sai uma fumacinha. Pois é. A nossa cabeça não funcionar de maneira muito diferente. O cérebro é uma máquina fantástica que trabalha com mil e uma funções e comanda tanta coisa que as vezes penso em como isso é possível. Mas em toda a sua perfeição e magnitude, a gente as vezes sobrecarrega ele e faz com que o coitado chegue no limite e peça arrego. 
Stress é a palavra do momento. Seja por razões pessoais ou profissionais a galera anda meio estressada ultimamente né? Tudo é motivo pra briga ou pra doença. 
Sinceramente, isso é nosso amigo cérebro pedindo socorro e a gente precisa dar arrego pra ele e sossegar o faxo, baixar a bola. Conhecer nossos limites é sempre um bom começo mas nem sempre a gente consegue perceber isso. Ter uma válvula de escape também é uma boa. 
Na correria do dia a dia e nessa vida mais ou menos que a gente acaba levando é sempre bom prestar atenção nos sinais que nosso corpo dá sobre o quão sobrecarregados estamos e fazer alguma coisa a respeito. Eu leio, assisto vídeos legais no youtube, saio com os amigos e escrevo essas aleatoriedades aqui no blog.  

E você deve estar se perguntando, qual é exatamente o motivo desse texto meio confuso e sem noção. Bom, eu estou me sentindo meio baqueada esse final de semana, e ainda estou gripada, então tudo que escrevi aqui pode realmente ter alguma lógica ou simplesmente ser efeito da mistura de dipirona e coristina D. De qualquer forma vou colocar uma imagem tão aleatória quanto o tema desse post só pra combinar. 


Um comentário:

E você achou que...