quarta-feira, 8 de maio de 2013

Toda ação gera uma reação.

Boa ou ruim, sempre gera. 
Eu sinceramente estou chegando no meu limite, tive um ataque de ansiedade essa semana, o que se caracteriza por falta de ar, tontura e quando isso passa, eu comendo doces sem parar. Comi uns vinte brigadeiros dos que minha cunhada me deu ( para comer gradualmente) e fiquei com uma puta dor de barriga. Isso obviamente não resolveu nenhum dos meus problemas, mas me fez sentir melhor, ao menos na hora em que estava me entupindo de doce porque já não me senti tão bem quando estava com dor de barriga. 

Reações boas e ruins, como eu disse. 
Também tenho dormido tarde, tipo, muito tarde. E assistido as séries que gosto e fazia tempo que não conseguia assistir porque andava muito ocupada. Dormindo quando o sol está nascendo e acordando na hora do almoço, pra mal comer e dormir de novo. Ando sem ânimo pra muita coisa mesmo. As vezes me dá uma vontade de fazer alguma coisa, um puxão na consciência me faz levantar da cama, ou do sofá e tomar um banho, lavar o cabelo e sair de casa. Depois volto a mesma rotina de antes, como num ciclo vicioso. 

Não tenho chorado mais, isso é uma evolução. Chorar não resolve nada e pra ser sincera minha cabeça dói quando eu choro e não preciso disso também. Meio que não quero ver as pessoas porque não quero mais não ter o que falar pra elas, ficando em casa estou segura. 

O pior de tudo, e mais irônico é que eu guardei em segredo  a minha viagem por quase 4 meses. Não queria criar falsas expectativas nem pra mim nem pra ninguém, segurei essa informação por tempo recorde, e mesmo quando tudo estava praticamente pronto só falei sobre quando tinha certeza que nada mais podia dar errado, aparentemente julguei isso mal. 

O vlog é uma válvula de escape bacana, mas quando você cria algo pra falar sobre uma viagem, o ideal que você realmente fale sobre isso, e não como seria se você fosse. Não quero continuar falando mal da CAPES, ou do ministério da educação, por mais que seja verdade, eu quero gravar o próximo vídeo no aeroporto, e quero que seja algo útil pras pessoas verem, então nem isso tô tendo mais. 

Hoje liguei na CAPES, a mulher secretária eletrônica mais fria que um cubo de gelo, fez o sacrifício de olhar no sistema se tinha alguma coisa errada e aparentemente o número da minha conta NOVAMENTE estava incorreto. Preenchi NOVAMENTE o formulário online e vamos ver o que vai virar. Segundo ela, se não der certo dessa vez eles vão checar com o pessoal da informática o que está acontecendo, claro, porque eu tenho todo o tempo do mundo, e eu posso passar o período do meu intercâmbio em casa aguardando eles resolverem todos os problemas técnicos deles. 

Agora chega de falação, porque se toda ação gera uma reação, a minha ao escrever é de alivio e a sua ao ler isso até o fim é provavelmente de puro tédio. Então vou parar por aqui e espero muito que o próximo post venha com boas noticias e bem menos mimimi. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você achou que...