sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Primeiro post do ano! Voltei ;)

Tenho adiado a minha vinda ao blog e admito. Assino o atestado de culpa. É a mais pura verdade.
Acontece que eu escrevo quando estou muito "alguma coisa" e você pode colocar nesse espaço o que você quiser, triste, alegre, ansiosa... enfim. E tanta coisa aconteceu nos últimos tempos que eu simplesmente não sabia o que escrever nem por onde começar. O que é estranho, porque pela primeira vez escrever não foi a primeira coisa que me veio a mente. Talvez estivesse ocupada demais vivendo

Escrever foi e sempre será meu refúgio, meu porto seguro, onde eu me encontro. 
Nos últimos dias tanta coisa aconteceu que as palavras se acovardaram e  fugiram de mim.

Estamos quase no final de janeiro de 2014 e eu nem escrevi sobre o ano de 2013! Não que esse ano não tenha merecido, pelo contrário, acho que mereceu tanto que nada do que eu escrevesse faria jus ao mesmo. Hoje resolvi finalmente sentar aqui em frente ao computador e fazer o primeiro post do ano no blog. E o que me levou a escrever hoje? 

Eu preciso de um "click" pra me fazer sentir o impulso de sentar e escrever, estou sempre rabiscando meu caderninho que ando na bolsa, mas sentar e escrever mesmo eu só faço quando me vem esse toque de inspiração. Hoje teve esse conjunto de acontecimentos. Primeiro que acordei de bom humor, sentindo uma felicidade no peito que a muito não sentia. Depois olhei pela janela e estava tudo branco, neve caindo com toda a força! Agradeci a Deus por poder ter a oportunidade de ver um espetáculo tão maravilhoso da natureza. A partir daí, percebi que hoje definitivamente seria um dia para escrever. 

Escrever sobre ciclos. Ciclos que se fecham e que se iniciam na minha vida. O ano de 2013 foi um ano de oportunidades, crescimento pessoal, acadêmico e emocional. Encarei o desafio mais difícil da minha vida que foi ficar longe da minha família, amigos e do meu amor. Tudo isso pensando em um futuro profissional mais promissor e em me tornar alguém mais maduro e melhor. Objetivo alcançado? Podemos dizer que sim, mas que ainda há muito a aprender e a melhorar. 

Já o ano de 2014 começou pra mim com uma surpresa que me fez entender o sentido da palavra felicidade. E eu digo isso porque fui pedida em casamento pelo homem que admiro, que é meu companheiro, meu melhor amigo e que eu amo por me completar de todas as maneiras que um ser humano pode completar outro.



Em resumo eu só tenho a agradecer. Ao ano que passou e ao que acaba de começar. Tantos presentes que eu as vezes me pergunto se mereço tanto. 

Agora estou na reta final do meu intercâmbio, é mais um ciclo que se fecha na minha vida, ansiedade pra voltar pra casa, pra rever amigos, família... tanta coisa acontecendo! Em meio a correria pra finalizar os trabalhos de pesquisa, a saudade de casa, a solidão que as vezes bate, pretendo achar as palavras pra escrever aqui. E que 2014 venha com muito mais notícias boas, oportunidades e inspiração para textos aqui no blog. 



Obrigada a todos os amigos que acompanham o blog, meus textos e a todas as felicitações deixados no facebook, por inbox e afins.  :) 
Saudades imensas de todos vocês!

Escrito ao som de Passenger, Let her go

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você achou que...